Londres

Londres: o que ver em 3 dias

Quando eu era pequena (sim, eu ainda sou! 😛), mas estou falando da minha infância, eu queria muito ser uma paleontóloga para poder viajar pelo mundo. Amava a ideia de descobrir ossos de dinossauros enterrados há milhões de anos em alguma terra desconhecida. Me lembro que fiz algumas buscas on-line e foi assim que descobri o Museu de História Natural de Londres, onde existem mais de 70 milhões de achados históricos e uma recriação de um Tiranossauro que se mexe!

Não preciso contar pra vocês a minha emoção e a curiosidade em visitar aquele lugar incrível. Foi daí que surgiu a minha vontade de organizar uma trip por Londres. Outra coisa que sempre me inspirou foi o Big Ben: a torre do relógio do Parlamento inglês…sem palavras!

Como posso começar a falar de um lugar tão fascinante? Capital do Reino Unido, a cidade tem um ar de grandeza, pois é um dos mais importantes centros financeiros da Europa, sem mencionar o fato de ser o lar de uma das mais admiráveis famílias aristocráticas do mundo, não por causa de seu poder, mas por sua popularidade.

Não é por acaso que me apaixonei imediatamente pela atmosfera chique, pelo sotaque particular e pela história de uma cidade cosmopolita que atrai milhões de turistas todos os anos.

Quantos dias são necessários para visitar Londres?

A cidade tem muitos museus, parques e atrações.

Tudo depende de que tipo de férias você quer fazer. Mas considere cerca de 3 dias, menos seria muito pouco e você corre o risco não ver tudo.

A moeda em Londres

Como em todo o Reino Unido, a moeda oficial em Londres é a libra esterlina (GBP, £). Cada libra é dividida em 100 pence.

No período atual, 1 libra esterlina equivale a quase R$7 reais!

O que ver em Londres em 3 dias

Gostaria de destacar um maravilhoso FREE TOUR de Londres, gentilmente oferecido pela Civitatis, super aconselho!

Palácio de Buckingham e Victoria Memorial

Residência oficial da Família Real inglesa, o palácio só pode ser visitado nos meses quentes (entre julho e outubro) e durante o resto do ano fica fechado aos visitantes.

Mas o que mais atrai os turistas até ali é a troca da guarda, que ocorre todos os dias (de maio a julho) às 11h30min, e dura 45 minutos. O evento é muito tradicional, com música e coreografia.

Durante o resto do ano, a cerimônia ocorre a cada dois dias e pode ser cancelada devido à chuva. É sempre bom verificar o programa no site oficial do Palácio de Buckingham.

Bem ali na frente fica o memorial em homenagem à Rainha Victoria, a mais amada da realeza e símbolo da cidade!

Onde fica? Buckingham Palace Road

Horários? De 21 de julho a 31 de agosto: das 09:30 às 19:30.

De 1 a 30 de setembro: das 09:15 às 18:30.

Preço? O preço varia de acordo com a escolha dos quartos a serem visitados.

Trafalgar Square

Trafalgar Square é a praça principal da capital, não tem como não visitar. Ali você vai encontrar monumentos, edifícios históricos e fontes, um local super animado.

Fica bem no centro da cidade e leva o nome da Batalha de Trafalgar, quando a Marinha Real Britânica ganhou da Marinha Francesa e Espanhola em uma das guerras napoleônicas.

Ali foi posicionada a estátua de granito do Almirante Nelson, comandante da frota britânica vencedora. Esta coluna, que tem a seus pés quatro leões de bronze em guarda, é um dos símbolos da capital britânica.

Torre de Londres

A Torre de Londres também é conhecida como a Torre do Terror. O monumento traz consigo grande parte da história da coroa britânica e dos reis e rainhas que tomaram o trono.

O apelido foi dado por seu passado horrível. Em anos anteriores (por volta de 1900) o lugar foi usado como prisão para aqueles que se manifestavam contra os monarcas. As condições do lugar eram terríveis e a maioria dos prisioneiros nunca mais via a luz do dia.

Hoje é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO.

Onde fica? St Katharine’s & Wapping.

Horários? Terça-feira a sábado das 09:00 às 17:30

Domingo e segunda-feira 10:00h – 17:30h

Atenção: no inverno fecha uma hora mais cedo!

Preço? 25 libras (R$174 reais)

Tower Bridge

Muito perto da Torre de Londres está a famosa ponte levadiça, a Tower Bridge. Foi construída em 1894 e ainda hoje recebe muitos visitantes, por sua beleza e peculiaridade.

Esta ponte móvel permite a travessia de barcos e possui uma exposição permanente em seu interno, que conta a sua história. Dá para subir na sua torre para desfrutar de uma maravilhosa vista exclusiva da cidade.

Eu aconselho a caminhar pelos arredores e visitá-la também a noite, quando estiver iluminada!

Onde fica? Tower Bridge Road

Horário? Aberto das 10h00 às 18h00, nos meses de abril a setembro, nos outros meses das 9h30 às 17h30, de outubro a março.

Preço? 10 libras (R$70 reais)

Piccadilly Circus

Piccadilly Circus é outra praça particularmente bonita à noite, com suas luzes de néon acesas. Na realidade, é também chamada de “Times Square de Londres”.

Uma boa opção para jantar é o restaurante BAFTA (Academia Britânica de Cinema, Televisão e Arte) na Piccadilly Street 195. O restaurante é a tema cinematográfico e cria toda uma atmosfera em torno dos clientes e da sétima arte.

 

London Eye

A Roda do Milênio, como também era conhecida inicialmente, teve sua inauguração em 1999, em 31 de dezembro.

No entanto, só foi oficialmente aberta ao público em fevereiro de 2000. O projeto era mais do que apenas construir um novo ponto turístico, mas criar um símbolo londrino para a chegada do novo milênio.

A London Eye já foi considerada a maior roda gigante do mundo, com uma altura de 135 metros e uma capacidade de 25 pessoas em cada uma das 32 cabines de vidro.

Onde fica? Riverside Building, County Hall

Horário? Todos os dias das 11:00 às 18:00, exceto no verão (junho, julho e agosto), que vai das 10:00 às 20:30.

Preço? 25 libras (R$174 reais)

Westminster e Big Ben

E o que dizer sobre o Palácio Westminster, onde estão localizados a Torre do Relógio e o Big Ben? Eu amei tirar fotos do “cartão postal” mais famoso da cidade e desfrutar da atmosfera londrina!

Infelizmente, somente os residentes do Reino Unido podem visitar o seu interior e ver o Big Bem de pertinho!

Mas o Palácio é aberto aos visitantes e vê-lo por dentro é um bom passeio, é incrível conhecer mais sobre como o Parlamento e a política britânica funcionam.

Onde fica? Westminster

Horário? 9h30 às 17h30 (sábado às 16h30).

Preço? A entrada do Palácio custa entre 18 e 28 libras, dependendo do passeio escolhido.

Abadia de Westminster

Esta é uma das igrejas mais tradicionais da cidade e onde se realizaram os principais casamentos reais.

A arquitetura em estilo gótico medieval é um espetáculo por si só, e vale pagar o ingresso para se ter uma visão mais aprofundada sobre a história da capital britânica e da família real britânica.

Dentro você pode visitar o famoso Trono do século XI de São Eduardo e o mausoléu de Shakespeare e Charles Dickens, grandes escritores ingleses. Nela também estão enterrados 17 monarcas e importantes cidadãos britânicos como Isaac Newton, Laurence Olivier, Charles Dickens e Charles Darwin.

Onde fica? 20 Deans Yd, Westminster

Horários? Segunda a sexta-feira: 09:30 às 15:30;

Sábado: 09:00 às 13:00 (de setembro a abril)

Domingo é fechado ao público para visitas, mas aberto para os cultos religiosos.

Preço? 18 libras (R$121)

 

British Museum

O Museu Britânico é absolutamente uma etapa obrigatória.

E o melhor? A entrada é gratuita!

Fundado em 1753, o Museu Britânico inclui uma magnífica coleção de arte, com mais de oito milhões de objetos, como peças do Pártenon de Atenas.

A arquitetura do museu também é impressionante, especialmente o teto azulado, feito de vidro, que transformou o antigo claustro na maior praça coberta da Europa.

Onde fica? Great Russell St, Bloomsbury

Horário? Todos os dias, das 10h00 às 17h30.

Preço? Gratuito

Museu de História Natural de Londres

Como eu disse no início do artigo, seria impensável não ir ao Museu de História Natural em Londres. Aberto todos os dias, é uma ótima opção para famílias com crianças.

A parte mais bacana é a sala dos dinossauros, mas também tem vários animais gigantes que decoram o interior do museu, assim como informações sobre a Terra, a evolução dos animais e do ecossistema.

Realmente vale a pena!

Onde fica? Cromwell Rd, South Kensington.

Horário? Todos os dias das 10:00 às 17:50 horas.

Preço? Gratuito

Camden Town

O bairro de Camden Town é outro lugar que aconselho visitar. Foi cenário de contracultura nos anos 70 e hoje é uma zona alternativa, cheia de arte, moda e música.

A principal atração do bairro é Camden Market, um mercado com vendedores de roupas, alimentos, itens decorativos e tudo o que você possa imaginar!

A atmosfera é super hippie, existem tantas lojas de piercings, tattoos e cigarro.  Aproveite a oportunidade para caminhar por ali e descubra mais sobre este pitoresco bairro londrino, incluindo a estátua de Amy Winehouse!

Notting Hill

Se bairros alternativos não fazem muito seu estilo, outra excelente opção é o romântico bairro Notting Hill, onde o filme Um lugar chamado Notting Hill foi gravado.

Julia Roberts e Hugh Grant interpretaram uma bela história de amor nas ruas da região e o bairro tem recebido desde então inúmeras visitas de turistas para ver os lugares onde as cenas foram gravadas.

Se você for, não perca a oportunidade de conhecer o Portobello Road Market, outro grande mercado onde você pode encontrar antiguidades, mas somente aos domingos!

Abbey Road

Quem não sonha em fazer a pose dos Beatles na famosa faixa de pedestres da Abbey Road?

Muitos turistas vão lá e tiram a mesma foto, tanto que os motoristas da zona já estão acostumados e esperam pacientemente!

Eu fiz! Mas como estava sozinha, o resultado não é top.

De qualquer forma, o bairro é muito agradável, ali próximo fica a Abbey Road Studios, o estúdio mais famoso do mundo, que não só gravou os discos da famosa banda de Liverpool, mas também de vários outros artistas!

 

Casa do Sherlock Holmes

Você se lembra da frase “elementar, meu caro Watson“?

Obvio! Ela ficou conhecida em todo o mundo graças a Sherlock Holmes. Watson era seu conselheiro.

O personagem criado pelo médico e escritor britânico Arthur Conan Doyle, era um detetive que vivia em Baker Street.

Se você é um fã do trabalho deste escritor, ir ao Museu Sherlock Holmes é essencial, pois a casa recria perfeitamente a residência do detetive.

Há a lareira, os livros, os tubos de ensaio, o violino, a poltrona… enfim você vai se sentir dentro do livro!

Onde fica? 221b Baker Street

Horário? Todos os dias, das 9h30 às 18h00.

Preço? 15 libras (R$105 reais)

Na realidade, ainda teria muitas atrações para ver em Londres, mas seria necessária mais de uma matéria para contá-las.

Para os amantes de Harry Potter, indico um fantástico FREE TOUR da Civitatis para visitar os lugares que inspiraram J. K. Rowling a criar a famosa série de romances sobre o jovem feiticeiro. Me conta o que você achou e, se alguma vez fostes a Londres, do que você mais gostou?

Enjoy 😊

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.